Quando um filho adoece…

Eu descobri com a maternidade que mil vezes pior que ficar doente é ver um filho adoecer. Tomaria para mim as dores da Laura sem piscar. Não pensaria duas vezes.

A Laurinha gripou. Estava resfriada há algumas semanas e acabou piorando.

Levamos ela ao pediatra que a acompanha e ele passou vários remédios, aerosol e um exame de raio x. O exame acabou constatando que ela estava com início de pneumonia.

Nós acreditamos que, por mais assustadora e horrível que essa doença seja, maior é nossa fé em Deus e na cura total da Laura. Cremos que ela já foi curada e que esta doença não deixará vestígios.

A cada dia que passa, novas experiências, algumas assustadoras como tem sido nesses dias, nos tornam mais fortes e mais capazes de cuidar da nossa pequena.

Além disso, temos enfrentado outra dificuldade. Nesse mês a Maria Clara, que ajudava a cuidar da Laura enquanto eu e o pai dela estamos trabalhando, entrou de férias.

Por mais que a vovó Dorilene tenha a mais boa vontade em ficar com a Laurinha não podemos abusar. Ela precisa trabalhar e não dá para atender as clientes e dar atenção pra Laura, que requer muuuuuita atenção.

Então nesses dias estamos nos virando como podemos, até que eu possa pegar pelo menos 15 dias de férias.

Jornalista que desde sempre ama livros, desenhos e vê o mundo de forma lúdica. Se sente completa por ser mãe da Laura e sua missão é fazer sua pequena feliz!

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *