Primeiro dia das mães

No dia das mães do ano passado, fomos para a cidade de Fátima, para que a família conhecesse nossa princesa. Este foi o meu primeiro dia das mães com minha pequena nos braços.

Primeiro dia das mães

Recordo que no ano passado, no Dia das Mães, foi a primeira vez que senti com certeza a Laura mexer. Foi um dia emocionante! Eu interpretei como um “mãe, estou aqui. Feliz dia das mães”.

Neste ano, foi tão especial. Me senti uma mulher completa, realizada pelo fato de estar com minha princesinha nos braços.

Acordei com um café da manhã preparado pelo marido na cama. Quem não se sente especial com um mimo assim, não é mesmo? Um gesto, por mais simples que seja, de reconhecimento, faz toda a diferença.

mãe e filha

O maior motivo da minha gratidão nesse dia das mães foi o fato de ter minha princesa comigo, saudável. Não há nada que pague isso.

Fomos almoçar na casa da minha mãe, junto com a minha sogra e a Maria Clara. Foi ótimo. Sou tão grata por ter oportunidade de passar esse dia especial ao lado das minhas preciosidades.

Mamães do ano

Quero deixar aqui meu abraço a umas mamãezinhas muito especiais: À minha querida mamãe Mariuza, uma das principais responsáveis por eu ser quem sou. À minha sogra, Dorilene, por ter criado o marido perfeito pra mim. À minha querida amiga Priscila, que ganhou seu melhor presente no mês passado. À minha irmanzinha Deane, que é uma mãe exemplar. À Natash, uma mãe tão dedicada, sendo uma das mães em que me espelho.

Que Deus abençoe a todas as mamães do mundo inteiro. Mães de barriga e de coração.

Laura e mamãe

 

Jornalista que desde sempre ama livros, desenhos e vê o mundo de forma lúdica. Se sente completa por ser mãe da Laura e sua missão é fazer sua pequena feliz!

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *