Os dias mais difíceis

Nessa incrível aventura da maternidade/paternidade tem os dias que, digamos assim, são mais complicados. Eu resolvi compartilhar para que, os pais de primeira viajem como a gente, quando lerem este post saibam o que esperar.

Há dias que a Laura se comporta como uma lady. Graças a Deus esses dias são maioria. No entanto, tem dias que ela está mais estressada.

Como ela é apenas um bebê, e ainda não sabe falar, ela expressa suas frustrações através do  choro, e daquela forma que muita gente, principalmente aquelas que ainda não são pais, chamam de birra.

Eu aprendi ao longo de muitas leituras, de pesquisas e também através de uma pessoa querida que ainda não me conhece (hahaha), mas que eu acompanho e admiro muito, a youtuber Flávia Calina, que não existe essa coisa de “birra”. Assim como a gente, as crianças tem sentimentos e tentam expressa-los.

Ontém a Laura estava bastante agitada. Chorou muito a tarde, deu uma canseira na titia dela, Maria Clara. Isso porque não queria dormir, comer e nem tomar banho, que ela adora.

Talvez seja a fase dos dentinhos. Eu li que causa muita irritação aos bebês.

Pela manhã, que ela fica comigo, eu consigo dobra-la, faço uma coisa e outra. Dou banho, brinco, converso, coloco músicas.

Mas eu confesso que é bastante cansativo. Não é fácil. Mas é isso mesmo. Ter filhos é isso. Dá trabalho. Precisa de paciência, entrega e muito amor.

 

 

 

 

Jornalista que desde sempre ama livros, desenhos e vê o mundo de forma lúdica. Se sente completa por ser mãe da Laura e sua missão é fazer sua pequena feliz!

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *