Comprar brinquedos para quê?

Comprar brinquedo para criança deveria ser algo prazeroso tanto para os pais quanto para os filhos, mas muitas vezes se torna quase um martírio devido aos preços abusivos cobrados, como já falamos anteriormente. E além disso, até onde me lembro, os melhores brinquedos da minha infância não foram comprados, mas foram feitos em casa.

Como por exemplo, as pipas, o carrinho de rolimã, as baladeiras, as fazendinhas de palito de picolé e mais um bocado de outras coisas que não caberiam aqui. Por causa disso, e com o objetivo de conscientizar desde já a Laura sobre o consumismo desnecessário, aqui em casa a gente quase não compra brinquedos, a gente faz. São muitas as possibilidades e a internet está cheia de excelentes ideias de brinquedos a partir de coisas que certamente jogaríamos fora. Veja o post sobre a casinha que fizemos de papelão.

Agora fiz um escorregador. Já tem um tempo que percebemos que Laura fica muito feliz perto de um e quando me deparei com a situação de ter que jogar fora 5 prateleiras de MDF pensei no que poderia fazer com elas e então surgiu a ideia de fazer o escorregador da Laura.

Gastei um dia inteiro idealizando o brinquedo, depois cortando as peças e batendo cabeça com as medidas. Faltaram algumas ferramentas pra deixar o acabamento perto do profissional, mas ainda assim, na nossa opinião o resultado ficou muito satisfatório. A decoração mais uma vez ficou por conta da Gisele, que deixou tudo com a carinha da Laura.

No dia em que entregamos o brinquedo para Laura, aquela euforia no rostinho dela valeu cada segundo empenhado nesse projeto. Ela gritava e pulava de alegria, subiu e desceu dezenas de vezes no primeiro contato.

É isso que motiva a gente. Hoje dizemos com propriedade que nossa vida ganhou um novo significado depois do nascimento da Laura. Nossos conceitos e nossas vontades quase todas mudaram.

PS. Sim, a Laura tem brinquedos comprados, mas a grande maioria foi presente. Nós já gostamos de vários brinquedos pedagógicos vistos em lojas, no entanto, os preços geralmente são fora da realidade.

Pai da Laura. Xinguarense de nascença e Palmense de coração; Analista de Sistemas e amante de tecnologias; Bombeiro Militar; Sou apaixonado por natureza, motos, viagens e aventuras.

One thought on “Comprar brinquedos para quê?

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *